Minas Gerais e o mundo

port-3

Corrente de Comércio Exterior

Minas Gerais é o 2º maior exportador entre os estados brasileiros e o 6º  maior importador. As oportunidades de crescimento dos fluxos comerciais de Minas Gerais com o mundo são significativas, considerando o coeficiente atual de abertura da economia mineira.

imagem 12

tabela 7

tabela 8

Porto Seco

Foto: Porto Seco / Créditos: Usifast

 

Fluxos Comerciais

tabela 125

tabela 487

 

 

56486856

 

tabela 854

 

tabela 1452

 

 

tabela 4896

Saiba mais:

ACMinas
Banco Central do Brasil
Fundação João Pinheiro (FJP)

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (INDI)
Ministério de Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC)

 

Representações estrangeiras

Minas Gerais conta  com Câmaras de Comércio com forte atuação e tem significativo crescimento de representações consulares.

Merece registro o trabalho do Corpo Consular presente em Minas Gerais.

São cerca de 40 países representados, por corpo diplomático ou representantes honorários.

Minas Gerais conta também com Câmaras de Comércio com forte atuação e tem significativo crescimento de representações consulares.

As Câmaras de Comércio presentes em Minas Gerais prestam serviços relevantes a seus associados, criando um ambiente favorável  para que as empresas mineiras e empresas de seus respectivos países possam efetivar negócios.

Apoiam as empresas na  prospecção de negócios , na identificação segura de parceiros,  no apoio ao comércio exterior. Promovem  ações institucionais relevantes  e a integração entres as culturas, entre outras ações de destaque.

Saiba  mais sobre as câmaras de comércio  estabelecidas em  Minas Gerais:

amcham-300x63

Amcham Brasil

Belo Horizonte / American Chamber of Commerce for Brazil

16 Anos de atuação em Belo Horizonte.imagem 29

Amcham lidera ações de inserção global e capacitação de empresários mineiros.

Em Belo Horizonte, 400 empresas compõe o quadro regional de atuação da AMCHAM Brasil – que tem 98 anos de história, está presente em 14 cidades  e é a maior entre as 104 Câmaras Americanas do mundo.

A Amcham pode ser descrita em três palavras: networking (de qualidade), conteúdo (privilegiado) e advocacy (com pragmatismo).

Algumas empresas de capital Norte Americano com atuação na região:

Accenture Automation & Industrial Solutions , AIG,  Alcoa Aluminio S/A,  American Airlines , AMG Mineração S.A., Astec Industries, Black & Decker, Bunge Fertilizantes S.A, Cargill, Caterpillar, Chubb Seguros, Citibank, Tyson Foods, Delphi Automotive Systems, Du Pont, EY, Esco Corporation, GE Energy Management – Industrial Solutions, GE Healthcare, GE Power Conversion, GE Transportation, Google, IBM, Jabil Circuit, Lear Corporation, Liberty Seguros, Monsanto, Microsoft, Oracle, Pepsico, Elma Chips, White Martins Gases Industriais, Progress Rail Services (Caterpillar Company), MGE, Railtex, St. Jude Medical, Terex Corporation, Wal-Mart.

Contato:

+55 31 2126 9750

amchambh@amchambrasil.com.br

89456

china-300x122

Câmara Chinesa de Comércio

A Câmara Chinesa de Comércio do Brasil (CCB) é uma instituição sem fins lucrativos, formalmente reconhecida pelo governo brasileiro e pelo governo chinês, com escritórios no Brasil (Belo Horizonte) e na China (Shanghai).

Possui diversas parcerias com instituições e empresas chinesas como a representação oficial da Feira de Cantão no Brasil e parceria com a Feira de Investimentos de Xiamen (CIFIT – China International Fair for Investment and Trade).

A Câmara promove  eventos semestrais para a apresentação de oportunidades e conjuntura chinesa, divulgação das Missões Empresariais e parceiros da CCB.

Balança Comercial

A República Popular da China é a segunda maior economia do mundo e o maior exportador e importador mundial. Em 2016, o comércio bilateral Brasil-China totalizou US$ 58,5 bilhões  (MDIC), com oportunidades em todos os setores da economia. O saldo comercial foi de um superávit de U$11,8 bilhões para o Brasil, um aumento de 14% em relação ao ano anterior.

Em 2016, a China manteve-se como principal destino das exportações mineiras, tendo representado cerca de 31% do total exportado no ano.  Apenas no mês de janeiro de 2017, a receita acumulada em relação ao ano anterior aumentou 231,5%, totalizando US$ 465,8 milhões.

Dentre os principais produtos importados pela potência asiática destacam-se o minério de ferro, soja em grãos e ligas de ferro.

Algumas empresas de capital chinês com  com sede em Minas

Xuzhou Construction Machinery Group (XCMG);, CITIC Group;Hangzhou Cogeneration Import and Export Company Limited;

Contato:

 +55 (31) 3262-2801

 camarachinesa@camarachinesa.com

 

india-300x122Câmara de Comércio  Índia – Brasil

A Câmara de Comércio Índia Brasil (CCIB) foi fundada em 2003 e está localizada no mesmo prédio do Consulado da Índia em Minas Gerais. Além do escritório base em Belo Horizonte, conta com escritórios também  no Rio de Janeiro e em Nova Deli.

A Câmara tem Acordos de Cooperação com organizações como a Federação de Câmaras de Comércio (FICCI) e o Conselho de Promoção Comercial (TPCI) na Índia e Confederation of Indian Industry (CII), importantes para viabilização de negócios.

As relações bilaterais entre Brasil  e India iniciaram em 1948, logo após a independência da India e as semelhanças e afinidades pavimentam os 70 anos de amizade.

A agenda India e Brasil –  abrangendo o crescimento econômico,  progresso tecnológico e desenvolvimento sustentável reflete-se   nos  importantes fóruns internacionais que ambos participam, como BRICS, G4, G20, BASIC, IBAS e também instituições como ONU – UNESCO, OMC e FMI – e o Brasil é considerado o principal parceiro econômico da Índia na América Latina.

As visitas diplomáticas bilaterais proporcionam um impulso para o crescimento contínuo do relacionamento estratégico e os encontros diretos mais recentes ocorreram em 2016, quando o Presidente Michel Temer se reuniu com o Primeiro Ministro Narendra Modi em Goa, na VIII Cúpula dos BRICS, para discutir temas da agenda bilateral, que incluíram reformas do CSNU, agricultura, energia, ciência e tecnologia, produtos farmacêuticos, mudanças climáticas, antiterrorismo e segurança cibernética. Desse encontro, três memorandos de entendimento e um acordo sobre o Tratado de Cooperação e Facilitação de Investimento foram assinados.

Atualmente, os investimentos da Índia em Minas Gerais são, principalmente, nos setores de tecnologia da informação, mineração, siderurgia, farmacêutico e biotecnologia.

No Brasil encontram-se instaladas renomadas empresas indianas como ONGC, Videocon, TCS, Wipro, Infosys, Cadilla, Mahindra, L & T, Renuka Sugars, United Phosphorus, Polaris, ArcelorMittal, Aditya Birla.

As empresas brasileiras na Índia incluem Marco Polo, Vale, Stefanini, Gerdau, ZetraSoft/SalaryFits.

Algumas empresas de origem indiana operando em Minas Gerais:

ACG, Arcelor Mittal, Infosys, Gempact , Novelis do Brasil (Hindalco Industries), Sai Udyog Ltd

Contato:

+55 31 3055-3836

 india@indiabrazilchamber.org.br

ISRAEL

Câmara Brasil-Israel Minas Gerais de Comércio e Indústria

A Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria foi fundada há mais de 50 anos.

Nossos valores são o empreendedorismo, inovação, livre iniciativa e democracia –  que fundamentam atualmente o conceito judaico denominado em hebraico de “Tikun Olam” que significa contribuir para transformar o mundo em um lugar melhor.

O Livre Acordo de Comércio entre o Mercosul e Israel, assinado em 28 de Abril de 2010, removeu barreiras para o comércio de produtos e facilitou o seu crescimento e diversificação. Além disso, fortaleceu a cooperação nas áreas de tecnologia e P&D, e promoveu o intercâmbio cultural, político e social.

Em Agosto de 2016, a CAMBICI de Minas Gerais foi inaugurada para desenvolver um relacionamento mais profundo com Israel e criar oportunidades de negócios com o Estado de Minas Gerais em setores de interesse mútuo, tais como gestão de águas, agricultura, startups, saúde, educação, energia limpa, segurança, entre outros.

Com aproximadamente US$ 2 bilhões de comércio bilateral entre Brasil e Israel, o Estado de Minas Gerais representa apenas 5% deste total.

Israel é um grande importador de produtos, com população de elevada renda per capita, oferecendo grandes oportunidades para as exportações de empresas mineiras.

Israel também é um parceiro estratégico para o Estado de Minas Gerais em sua busca de transformar as exportações de base em um novo modelo de produtos e serviços de valor adicionado, na medida em que pode se beneficiar da tecnologia desenvolvida em Israel para os mais diversos setores industriais.

A CAMBICI lançou a 2ª. Edição do Manual Doing Business Brasil Israel. Confira no link:

Doing Business – 2ª Edição

Contato:

+55 31 99974-0939

 camaramgisrael@gmail.com

3

Líbano

Câmara de Comércio Líbano Brasileira de Minas Gerais 

A Câmara de Comércio Líbano brasileira de Minas Gerais foi constituída  em 21 de novembro de 2005, na Associação Comercial de Minas.

A História do Líbano

O Líbano é um dos quinze países contemporâneos que ocupam a região que é considerada o Berço da Humanidade. É a pátria histórica dos fenícios,  cuja cultura marítima floresceu na região durante mais de 2 000 anos.

Os Libaneses em Minas Gerais

No estado Minas Gerais residem  aproximadamente 2 milhões de Libaneses e descendentes.

Marcadamente a colônia Libanesa sempre se reuniu em Belo Horizonte em especial no Clube Libanês de Belo Horizonte, que com capacidade para 1.100 associados teve sua  fundação em 24 de novembro  de 1947. A pedra fundamental da sede social do Clube Libanês foi lançada em 5 de fevereiro de 1954, com a presença do então governador do estado, Magalhães Pinto.

Outra importante instituição a qual devemos citar é a Fundação Libanesa de Minas Gerais – FULIBAM  que tem como principal objetivo atender jovens carentes .

Devemos citar ainda o Lar Druso Brasileiro e a União Maronita de Minas Gerais (mantenedora da Igreja Nossa Senhora do Líbano), que incentivam o fortalecimento das relações entre os libaneses e descendentes.

Os libaneses e descendentes influenciaram decididamente a economia de Minas Gerais, seja no comércio, na indústria ou no serviço gerando emprego e renda. São empreendedores natos. Em especial, nos setores de locação de veículos, estacionamento, supermercados, construção civil, têxtil e confecção, entre outros.

Contato:

+ 55 31 3427 9311
 cclbmg@cclbmg.com.br 

moz-300x122

CCIABM – Câmara Comercio, Industria, Agropecuária Brasil Moçambique

 A CCIABM (Câmara de Comércio, Indústria e Agropecuária Brasil-Moçambique – CCIABM) é uma associação sem fins lucrativos,   fundada em março de 2008. Tem sua matriz operacional em Nova Lima (MG), além de escritório em Maputo, capital de Moçambique e atuação em todo o Brasil.

Moçambique e Brasil

Moçambique é um país de língua portuguesa localizado no continente africano, com população aproximada de 28,8 milhões de pessoas e PIB de US$11 bilhões (2016), Moçambique registra um expressivo desenvolvimento econômico, com um PIB  que cresce a uma taxa média de 5% o ano.

As relações entre o Brasil e o país africano vêm se intensificando anualmente, No ano de 2016, o Brasil exportou cerca de R$50 milhões para Moçambique e importou R$23 milhões. O produto mais exportado do Brasil para o país é o óleo de soja e o principal produto importado de Moçambique é o briquetes de carvão. Muitas empresas brasileiras estão presentes no país e a cooperação econômica é cada vez maior.

Contato:

+55 31 3262-2801.

E-mail: contato@cciabm.com

NOVA-LOGO-CÂMARA-DE-COMÉRCIO-FRANÇA-BRASIL

Câmara de Comércio França-Brasil

Fundada há 115 anos e reunindo mais de  900 associados, entre empresas francesas e brasileiras, representando os mais diversos setores de atuação, a CCFB conta com regionais em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná.

A CCFB tem uma presença institucional importante no Estado de Minas Gerais e facilita as relações entre os nossos associados e os órgãos oficiais franceses no Brasil.

A CCFB Atua como interlocutor de vários órgãos franceses do mundo dos negócios entre os quais destacamos: Assemblée des Chambres Françaises de Commerce et d’Industrie (ACFCI), Union des Chambres de Commerce Françaises à l’Etranger (UCCIFE), Conseil National du Patronat Français (CNPF).

A CCFB também é parceira de todas as câmaras regionais francesas, na França e no mundo, totalizando 113 câmaras em 83 países.  Integramos, ainda, o Conselho das Câmaras de Comércio da União Europeia, favorecendo uma ação coesa do empresariado europeu no Brasil.

Oportunidades e presença francesa em Minas Gerais:

Minas Gerais tem atraído investidores franceses por sua localização, áreas disponíveis, mercado relevante,  pelo nível das universidades, e também pela  qualidade da recepção.

A França tem no Estado uma presença econômica forte e  diversificada  , com investimentos em áreas estratégicas como a indústria pesada, aeronáutico alimentos e energia  – e trabalha para intensificar esta presença.

São exemplos de empresas de origem francesa com atuação em Minas Gerais:  Helibras (Airbus Helicopters),  Vallourec, aArcelorMittal, Lafarge-Holcim, GDF-Suez (e sua controlada Tractebel Engineering / Leme Engenharia), Saint-Gobain, Snef , Vinci, Systra  , Danone, Aperam, Skema Business School

Contato:

+55 (31) 3213-1576

E-mail: ccfbmg@ccfb.com.br

4

11

Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais

Fundada em 1995, a Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de Minas Gerais foi oficialmente reconhecida pelo governo italiano em 1998.

A Câmara é membro da Assocamerestero, uma rede de colaboração composta por 80 câmaras italianas, distribuídas em 55 países, e que agregam mais de 25.000 associados. Além disso, compõe a Eurocâmara de Minas Gerais, permanecendo na presidência pelo biênio 2016-2017.

Em  2017, a Câmara Ítalo-Brasileira de MG organizará missões empresariaisàs maiores e mais importantes feiras italianas, com destaque para:

  • VicenzaOro (feira internacional de joias);
  • Sigep (Salão Internacional da Sorveteria, Pastelaria e Panificação Artesanais); Mecspe (mostra do setor de indústria de transformação);
  • Marmomacc (feira do setor de mármores, tecnologia, design e processos em pedras ornamentais);
  • Host (setor de hotelaria, restaurante e cafeteria);
  • Mercante in Fiera (mostra internacional de objetos de antiguidade, colecionismo e objetos de decoração contemporânea)
  • Mac Frut (Fruit and Vegetal Professional Show);
  • Ecomondo (setor de ambiente);
  • RemTech Expo (setor de recuperação de áreas contaminadas e requalificação territorial) e
  • Vinitaly – (setor de vinhos e bebidas), dentre outras.

Dentre os projetos desenvolvidos em 2017, o selo de qualidade “Ospitalità Italiana – Ristoranti Italiani nel Mondo” continuará sendo concedido aos restaurantes comprovadamente tipicamente italianos em Minas Gerais. O projeto, organizado mundialmente pela Uniocamere (União das Câmaras de Comércio Italianas no Mundo) e supervisionado pelo Isnart (Instituto Italiano de Pesquisas Turísticas), com apoio dos Ministérios do Turismo e do Desenvolvimento Econômico e Relações Internacionais da Itália, certifica a excelência dos restaurantes tipicamente italianos no mundo. Em território mineiro, a Câmara é responsável por certificar os estabelecimentos que zelam pela qualidade da culinária italiana, recolhendo informações, fotos e depoimentos, que são rigorosamente avaliados pelos órgãos competentes na Itália.

Balança Comercial com a Itália

O saldo da Balança Comercial entre Minas Gerais e Itália fechou o ano de 2016 superavitária em 160 US$ milhões . O total exportado por Minas Gerais para Itália somou US$ 621,9 milhões, e o valor importado foi de 461,8 milhões.

O saldo da Balança Comercial entre o Brasil e a Itália fichou o ano de 2016 deficitária em US$ 380,9 milhões. O total exportado pelo Brasil para a Itália somou US$ 3,32 bilhões, e o valor importado foi US$ 3,7 bilhões.

Fonte: Aliceweb

Algumas empresas de capital italiano com atuação em Minas Gerais:

Adler,Aethra, Almaviva do Brasil, Ask do Brasil, CNH Industrial (Case New Holland Construction, FPT, IVECO), Comau, Fassa Bortolo, FCA Group (Fiat Automóveis, Fides), Ferrero, Grupo Rima, Grupo Sada, Ibiritermo, Magneti Marelli, Marangoni, OMR Componentes, Proma do Brasil,  Sara Group, Segafredo Zanetti, Simpro, Stevanato Group, Streparava, Teksid, Ternium, Tiberina, Ventana Serra,  Villa Nova do Brasil.

Contato:

Tel.: +55 (31) 3287-2211

E-mail: info@italiabrasil.com.br

portugal-300x122Câmara Portuguesa

Minas Gerais e PortugalNovas Oportunidades para gerar negócios

A Câmara Portuguesa de Minas Gerais, fundada em 1996, realiza um crescente e preponderante papel no estreitamento das relações econômicas bilaterais. Os elementos comuns que aproximam os dois países, sobretudo o idioma, a cultura e a história favorecem claramente a consecução de novos negócios e a geração de oportunidades promissoras.

Desde 2008 as relações entre Portugal e Minas Gerais foram muito beneficiadas com o estabelecimento do vôo direto pela TAP de Lisboa para Belo Horizonte. Este vôo não apenas contribuiu para o aumento do número de turistas estrangeiros e dos negócios entre Minas Gerais e a Europa, mas também, nas relações comerciais entre o estado mineiro e Portugal.

O Brasil é o quarto principal destino dos investimentos diretos portugueses no exterior.  Há uma estimativa que, atualmente, cerca de 600 empresas portuguesas ou de capital português estejam atuando no Brasil. Nos últimos dez anos, os investimentos brasileiros em Portugal cresceram mais de 250%.

Algumas empresas de capital português  com atuação em Minas Gerais:

EMPA (Grupo Teixeira Duarte); Construtora Brasil (Grupo Mota-Engil); ISQ Brasil; TAP Portugal; SABSEG (Minas Corretora de Seguros);

Contato:

+55 31 3213-1557

secretaria@camarabrasilportugal.com.br

5

No comments
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *