Minas Gerais – Infraestrutura

Português-(3)

Minas Gerais, Brazil, localização

O Estado de Minas Gerais situa-se na região sudeste do Brasil, região de maior desenvolvimento e mercado do país.

Minas Gerais faz divisa com os estados de São Paulo (sudoeste e sul), Rio de Janeiro (sudeste), Espírito Santo (leste), Bahia (nordeste e norte), Goiás (noroeste), Distrito Federal / Brasília (noroeste ), Mato Grosso do Sul (oeste).

O acesso ao Oceano Atlântico é realizada por meio dos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. Mesmo sem ligação direta com o oceano, a sua posição geográfica transforma Minas Gerais  em corredor de ligação entre as várias regiões do país: aspecto catalizador de bons negócios.

Minas-Sudeste

Aeroportos

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte localiza-se  no munícipio de Confins, a 30 Km do centro de Belo Horizonte e é o mais importante  aeroporto de Minas Gerais.  Operado pela concessionária BH Airport, o novo aeroporto tem grande expansão em implantação, com capacidade superior a 20 milhões de passageiros anos a partir de 2017.

Belo Horizonte conta ainda com o Aeroporto da Pampulha e Carlos Prates.

A infraestrutura aeroportuária de Minas Gerais conta com 70 aeroportos de menor porte pavimentados. No interior do estado, as cidades de Montes Claros, Uberlândia, Uberaba, Araxá, Patos de Minas, Poços de Caldas, Varginha, Alfenas, Juiz de Fora, Ipatinga, Governador Valadares e Diamantina possuem aeroportos com linhas regulares de transporte aéreo.

aeroporto

Rodovias e Ferrovias

Minas Gerais possui a maior malha rodoviária do Brasil com 269.546 quilômetros de rodovias, cerca de 15% do total nacional. Desse total, 28 mil km são pavimentados.

Algumas  das principais rodovias que atravessam Minas Gerais são:

Rodovia Fernão Dias (BR 381): Principal rodovia de Minas Gerais, a Fernão Dias conta com 562 quilômetros totalmente duplicados e liga as regiões metropolitanas de Belo Horizonte e de São Paulo sendo um dos mais importantes eixos de transporte de carga de todo o Brasil. Além disso, a Fernão Dias corta o Sul de Minas, a principal região produtora de café do mundo e que conta com importantes parques fabris em municípios como Lavras, Varginha, Três Corações, Pouso Alegre e Extrema.

A  rodovia é administrada pela Autopista Fernão Dias, empresa do Grupo Arteris, que é uma das maiores companhias do setor de concessões rodoviárias do Brasil, gerenciado mais de 3.200 Km de estradas de rodagem em todo o País,

BR-040 – Rio de Janeiro – Belo Horizonte – Brasília: Com 1.148 Km sendo 716 km em território mineiro, essa importante rodovia nacional atravessa as regiões da Zona da Mata, o Campo das Vertentes, a Metropolitana de Belo Horizonte e o Noroeste de Minas Gerais.

Esta rodovia também é muito importante para a economia mineira, pois corta importantes polos industriais e agrícolas, além de áreas de extração mineral e de servir como principal via de acesso às Cidades Históricas do Estado.

A BR-040 é administrada por duas empresas privadas: a Via 040, responsável por gerenciar 936,8 quilômetros entre Brasília (DF) e Juiz de Fora (MG), e pela Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio (Concer) que  administra 180,4 quilômetros da rodovia, no trecho de entre Juiz de Fora (MG) e Rio de Janeiro (RJ).

Rio-Bahia (BR 116): Principal rodovia integradora nacional, pois une as regiões Nordeste ao Sudeste e Sul do País. No território mineiro atravessa a Zona da Mata e os vales dos rios Doce, Mucuri e Jequitinhonha, sendo o principal corredor viário do leste e do nordeste do Estado.

BR 262: Liga o complexo portuário do Espirito Santo à região Centro-Oeste do País, principal área produtora de grãos do Brasil. Em Minas Gerais, a BR 262 atravessa as regiões do Vale do Rio Doce, Metropolitana de Belo Horizonte, Centro-Oeste de Minas, Alto Paranaíba e Triângulo.

MG-050: Rodovia estadual com extensão total de 406,7 quilômetros e que corta o Sudoeste de Minas Gerais ao ligar a Região Metropolitana de Belo Horizonte a São Sebastião do Paraíso, município próximo à divisa com o estado de São Paulo. A rodovia é administrada pela Concessionária Nascente das Gerais.

Com relação à malha ferroviária, o Brasil conta com mais 30 mil quilômetros de ferrovias. Nesse contexto, Minas Gerais destaca-se por possuir a segunda mais extensa malha. As ferrovias que atravessam Minas Gerais são administradas pelas empresas MRS Logística S/A, Ferrovia Centro-Atlântica S.A. e pela Vale S/A.

Energia

Minas Gerais conta com umas das mais importantes empresas integradas de energia elétrica do Brasil, a Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG).

A Cemig Distribuidora é responsável pelo atendimento a mais de 11 milhões de consumidores em 774 municípios de Minas Gerais e também é responsável pela gestão da maior rede de distribuição de energia elétrica da América Latina, com cerca de 510 mil km de extensão.

A Cemig destaca-se ainda no segmento da geração de energia elétrica ao ocupar a terceira posição entre as maiores geradoras brasileiras. A Cemig, por meio de suas subsidiárias integrais, controladas e coligadas, possui 120 usinas, entre hidrelétricas, termelétricas e centrais eólicas, com capacidade instalada de 8.5 GW.

Energia renovável

Minas Gerais tem projetos para para aumentar a geração de energia a partir de fontes renováveis, especialmente para as oportunidades de energia solar e eólica, que já dispõe de levantamento dos potenciais destas fontes.

hwww.cemig.com.br/pt-br/A_Cemig_e_o_Futuro/inovacao/Alternativas_Energeticas/Documents/Mapa%20atualizado%20do%20Atlas%20Solarimetrico.pdf

www.cemig.com.br/pt-br/A_Cemig_e_o_Futuro/inovacao/Alternativas_Energeticas/Documents/atlas%20eolico%20MG.pdf

Gás

A distribuição de gás natural canalizado está a cargo da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig). Essa concessionária estadual é uma subsidiária do Grupo Cemig.

A Gasmig tem trabalhado para ser uma das três maiores distribuidoras de gás natural do País e  tem investido na construção de redes subterrâneas de distribuição para ampliar significativamente o atendimento aos clientes residenciais e comerciais, especialmente na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Juiz de Fora e no Sul de Minas.

Água e Saneamento

Minas Gerais conta com a Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (COPASA MG), uma das principais empresas de serviços em abastecimento de água, esgotamento sanitário e resíduos sólidos do Brasil, com uma rede abastecimento de água de  49.886 km (2015).

Telecomunicações

O serviço de telecomunicações em Minas Gerais foi o primeiro a ser universalizado. Essa importante meta foi alcançada em 2008 quando todos os municípios mineiros passaram a contar com os benefícios desse serviço.

Além das principais operadoras de telefonia do Brasil, Minas Gerais conta com os serviços da Cemig Telecom, empresa do Grupo Cemig, que oferece soluções em fibra óptica e conectividade para empresas de diversos segmentos.

Saúde

Minas Gerais conta com uma grande rede de saúde pública, com 663 hospitais gerais e especializados estrategicamente distribuídos em todo o estado. O estado também possui o maior programa de saúde preventiva do Brasil, contando com mais de  4.000 equipes de saúde, que atendem cerca de  80% da população estadual .

Educação

Cap. 5 (3)

Minas Gerais conta com uma força de trabalho altamente qualificada, com níveis de excelência em diversas áreas do conhecimento.

O Estado foi pioneiro na inserção de crianças na escola com a idade de seis anos, garantindo mais um ano de ensino fundamental na rede pública de ensino, que atende também o ensino médio.

A qualidade também é perseguida pelas instituições privadas, algumas consideradas as melhores do país e pelas internacionais, que seguem os currículos americano, italiano, espanhol e canadense.

As Federações de Agricultura, Comércio, Indústria e Transporte mantêm escolas e centros de tecnologia para a formação e especialização de mão de obra técnica de alto nível. Além dessas importantes instituições, o Estado conta com uma ampla rede de escolas técnicas, com destaque para o Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), a Fundação de Educação para o Trabalho (UTRAMIG) e vários institutos federais nas áreas de Educação, Ciência e Tecnologia de âmbito regional.

obs9-246x300 (1)O Estado sedia 400 instituições de ensino superior, das quais 14 são universidades públicas, 12 federais e duas universidades estaduais. No ranking elaborado pelo Ministério da Educação, três das 10 melhores universidades  avaliadas estão sediadas no Estado: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte, Universidade Federal de Viçosa (UFV), na Zona da Mata e a Universidade Federal de Lavras (UFL), no sul do Estado.

No âmbito da formação de gestores para o setor público, merece destaque a Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (FJP) e no âmbito da formação de gestores empresariais, pontifica a Fundação Dom Cabral (FDC), instituição que oferece os melhores cursos de pós-graduação em administração do país, eleita pelo jornal Financial Times uma das 10 melhores escolas de negócios do mundo.

No comments
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *